S T Q Q S S D
mixsórdia

Mixsórdia >> Guia Cultural >> Belo Horizonte | MG | Brasil
mix.sór.dia (sin) >> miscelânea de aconteces >>
sair da inércia e arranhar o diverso >>
hoje à tarde? amanhã à noite? >> pulsar



Destaque 07/03 – Leilão Piolho Nababo

 

leilao

Lances a partir de R$ 1,99 e interseções sonoras de Eletrotauro

O Piolho Nababo promove, nesta quarta-feira, mais uma edição de seu já tradicional Leilão de arte. Com lances a partir de R$ 1,99, serão leiloadas obras de sólida qualidade de mercado criadas por Desali, Froiid (organizadores do Piolho), Xerel, Matuto, Alexandre Rato, Erico Ferrari, Fernando Pacheco, Thiago Macedo, Matreus, Iron, Gud, João Martins, Pedro Felipe e outros artistas que integram o acervo da grande galeria em processo. O leiloeiro Toledão comandará a venda pública, que terá interseções sonoras de Eletrotauro. Outras atrações da noite no Nelson Bordello serão a banda God Decay e os DJs Canhotagem e Leo Pyrata. Na sexta-feira, dia 9, o Piolho Nababo será realizado normalmemnte no Ystilingue, recebendo trabalhos de João Maciel e o DJ Bill.

Leilão Piolho Nababo // Nelson Bordello

Onde: Nelson Bordello – rua Aarão Reis, 554, centro // Quando: qua., às 21h // Quanto: R$7 // Informações: (31) 3564-3323


Destaque 07/03 – Aniversário Baixo Bahia

 

baixobahia

Time amador celebra um ano em Praia da Estação noturna

Formado há um ano, o time de futebol de rua amador Baixo Bahia celebra a data convocando sua torcida desorganizada para pegar uma Praia da Estação na noite desta quarta-feira. Será disputada uma pelada, principal atividade promovida pela equipe, movida pelo objetivo de transformar as ruas de Belo Horizonte em um campo aberto para práticas cotidianas de compartilhamento social. Ainda que o pódio não seja a meta, o Baixo Bahia já ganhou o primeiro lugar na categoria Na Tora no Prêmio Mixsórdia 2011.

Aniversário Baixo Bahia // Baixo Bahia

Onde: Praça da Estação (Praça Rui Barbosa), centro // Quando: qua., das 19h30 às 22h30 // Quanto: acesso livre


Quinta Feira 08/03 – Dia Internacional da Mulher

 

mulher

“O corpo é nosso” é um dos eixos do ato no centro de BH

Corpos femininos irão se unir em multidões pelo mundo nesta quinta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Em Belo Horizonte, o ato, que pretende unir moradores do campo e da urbe, está sendo construído em torno dos eixos: violência contra a mulher; educação infantil e “o corpo é nosso”. Taí uma bela expressão do desejo de afirmação subjetiva capaz de recriar as relações entre os corpos nesta sociedade capitalista que, como bem resumiu Richard Sennett, “não tem respeitado a dignidade dos corpos humanos” e suas diferenças. Bonito será se corpos masculinos, trans, das mais inclassificáveis diferenças se encontrarem nessa multidão para celebrarem-se em clima de filoginia, androfilia, gentefilia e neutralizarem o poder representado pelo afiado obelisco cravado naquele que é considerado o coração de BH.

Onde e quando: concentração na praça da Estação, qui., às 15h; finalização na praça Sete, às 17h30


Quinta Feira 08/03 – Bollywood Dream

 

bollywood

Diretora participará de bate-papo via internet após exibição

Há muito tempo também um café, além de locadora, a Cinecittà exibe nesta quinta-feira o filme “Bollywood Dream”. Sátira ao sonho hollywoodiano e a toda exportação de sonhos, a produção tem como mote a história de três atrizes brasileiras que decidem tentar a sorte na indústria cinematográfica da Índia e mostra o impacto da cultura do país pelo qual elas acabam passando. A exibição será seguida de um bate- papo sobre o papel da mulher no atual cenário cultural, mezzo presencial, mezzo virtual, com a diretora do filme, Paula Braun, direto de São Paulo.

Bollywood Dream // Cineccità

Onde: Cinecittà – rua Aimorés, 582, Funcionários // Quando: qui., das 19h30 às 22h30 // Quanto: não é cobrada entrada, consumo à parte // Informações: (31) 2516-2967


Quinta Feira 08/03 – Desassossego em Branco

 

desassosego

Espetáculo que propõe a apreciação da dança para além da visão estreia em BH

Originado do desejo da bailarina Renata Mara em pesquisar as interferências da baixa visão – ela é portadora de retinose pigmentar – em um corpo que dança, o espetáculo “Desassossego em Branco” estreia nesta quinta-feira, no Espaço Cultural Ambiente, onde cumpre temporada até 18 de março. A obra tem direção coreográfica de Tuca Pinheiro, que também integra o elenco ao lado de Renata e Oscar Capucho. A trilha sonora foi criada por Kiko Klaus, especialmente para o espetáculo.

Onde: Espaço Cultural Ambiente – r. Grão Pará, 185, Santa Efigênia // Quando: qui. a sáb., às 21h; dom., às 19h; até 18.mar // Quanto: R$8 (inteira) e R$4 (meia) // Informações: (31) 3241-2020 e (31) 3227-7331


Quinta Feira 08/03 – Sem Nexo

 

semnexo

Desali e Froiid expõem no Arcangelo

Não é só para garantir mesa que tem valido a pena chegar cedo ao Arcangelo. Por volta das 17h, quando o estabelecimento abre de terça-feira a sábado, dá para ver melhor os trabalhos de Desali e Froiid que estão em exposição no anexo do café desde o final de fevereiro. “Sem Nexo” reúne mais de uma dezena de telas (em técnicas curiosas como pintura sobre cola branca), cartazes, ready-mades e outras criações da dupla que comanda o Piolho Nababo, nas noites de sexta-feira no Ystilingue, vizinho de varanda do Arcangelo. Livre da censura que geralmente persegue as obras principalmente de Desali, a mostra “transparece mais superficialmente” a “sátira e a crítica ao sistema capitalista tecnológico da arte vigente”, nas palavras dos próprios artistas. Destaque para o quadro “Desgracinha com amor”, da coleção particular de Santiago Calonga, um dos proprietários do Arcangelo, que, nascido como ateliê, sempre esteve aberto às artes, promovendo, dentro outros eventos, a Noite de Desenho, em torno da gregária mesa.

Sem Nexo // Arcangelo

Onde: Arcangelo – Edifício Maletta – avenida Augusto de Lima, 233, sobreloja 02, centro // Quando: ter. a sáb., a partir das17h // Quanto: entrada gratuita // Informações: contato.arcangelocafe@gmail.com


Sexta Feira 09/03 – Radiola Picumãh

 

picumah

Festa acontece na Gruta

À frente do projeto desde 2007, o DJ Alexandre Sena criou a festa Radiola Picumãh para trocar figurinhas com pessoas de diferentes linguagens artísticas. Começou só com música, mas depois participaram atores, videomakers, editores de vídeo, fotógrafos, amigos e recém-conhecidos. O objetivo é fazer da noite uma experiência sinestésica e musicalmente distinta para todos os presentes. Nesta edição os convidados são Mateus Mesquita (Bar Odeon), migrando suas surpresas musicais do balcão para a pista, e Ed Marte (Favela é Isso Aí), que fará uma exposição com as fotos que tira em suas caminhadas por Beagá.

http://casadepassagem.blogspot.com/

Onde: Gruta – Rua Pitangui, 3613c – Horto // Quando: 23h // Quanto: R$7 // Informações: (31) 2511-6770


Sexta Feira 09/03 – Médicos Sem Fronteiras

 

medicossemfronteiras

Filme e bate-papo no Sesc Palladium

O filme “Médicos Sem Fronteiras (UN) LIMITED”, de Peter Casaer e Caroline Van Nespen será exibido no dia 9, no Sesc Palladium e, no dia 10, no Sesc Laces JK. As duas apresentações serão às 19h, com entrada gratuita. No Sesc Palladium, a exibição será seguida de um bate-papo com a diretora de Comunicação do Médicos Sem Fronteira Brasil, Alessandra Vilas Boas, e com o pediatra mineiro Sérgio Cabral, que já trabalhou em 16 projetos da instituição em diferentes países. O filme retrata o trabalho desenvolvido pela instituição de ajuda humanitária e apresenta reflexões de profissionais que trabalharam em grandes desastres.

www.sescmg.com.br

Onde: dia 9 no Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1046 e Avenida Augusto de Lima, 420 – Centro) e dia 10 no Laces JK (Rua dos Caetés, 603 – Centro) // Quando: 19h // Quanto: de graça // Informações: (31) 3214-5350


Sexta Feira 09/03 – Music For The Masses

 

musicforthemasses

Festa na UP é animada por bandas dos anos 1980 e suas herdeiras

Como indica o nome, título de uma faixa do Depeche Mode, a festa Music For The Masses, na UP, se propõe a resgatar bandas dos anos 1980, como New Order, The Cure, The Smiths, e tocar também grupos atuais que foram influenciados por esses sons, caso de Placebo, Interpol, She Wants Revenge, Franz Ferdinand… A edição desta sexta, em clima de ressaca da passagem de Morrissey por BH (quarta), será comandada pelos DJs Daniel Albinati, do Digitaria, e Binho.

Music For The Masses// Up E.Music

Onde: UP E.Music – av. Getúlio Vargas, 1.423, Savassi // Quando: sex., às 23h // Quanto: R$15 // Informações: (31) 9309-5006


Sexta Feira 09/03 – Conexão Afrika

 

conexaoafrica

Marrabenta, kizomba, kuduro e outros ritmos em festa no Matriz

Ao som de marrabenta, dzukuta, kizomba, zouk, semba, kuduro, kwassa kwassa, afro deep house, kwaito e outros ritmos tradicionais e contemporâneos do continente africano, será realizada a festa Conexão Afrika esta sexta-feira, no Matriz. É a primeira edição do evento, que terá, no comando das pick-ups, os DJs Joel, Luiz, N.K., além de convidados.

Conexão Afrika// Blog Conexão África // Matriz BH

Onde: Matriz – Terminal JK – r. Guajajaras, 1.353, Barro Preto // Quando: sex., às 15h // Quanto: antecipados – R$ 10(fem.) e R$ 15 (masc.); na porta – R$ 15 (fem.) e R$ 20 (masc.) // Informações: (31) 3212-6122


Sexta Feira 09/03 – BOM!

 

bom

Baile de lançamento do clipe da Pequena Morte no 104

Um baile de gala (ou quase) marca o lançamento do segundo clipe dos mineiros da banda de ska Pequena Morte. A festa acontece no CentoeQuatro e, além de show dos anfitriões, contará ainda com intervenções de Cafa Sorridente e apresentações do grupo mineiro Dibigode e do DJ Luiz Valente. No dia, o espaço recebe também duas exposições fotográficas sobre o Carnaval de Rua de BH 2012 e os bastidores da gravação do videoclipe. O vídeo foi produzido e financiado pela Pequena Morte e pelo Coletivo Imaginário. BOM é uma das dez músicas presentes no Defenestra, álbum de estreia da Pequena Morte.

www.centoequatro.org

Onde: CentoeQuatro – Praça Rui Barbosa, 104 – Centro // Quando: 22h // Quanto: R$15 com acessório “de gala” e R$25 – à paisana // Informações: (31) 3222-6457


Sábado 10/03 – Reggae & Resgate

 

reggaeresgate

Shows e cultura reggae debaixo do Viaduto Santa Tereza

O Corre Coletivo concentra músicos, produtores, artistas plásticos e colabores com o princípio de fomentar a arte e a cultura Reggae e chamar atenção para a ocupação, manutenção e preservação de espaços públicos. Realiza este sábado debaixo do viaduto, gratuitamente, a partir das 14h o Reggae & Resgate, com a presença do mestre de cerimonia Lord Pow MX e shows das bandas Caban e Black Sonora. Entre as apresentações, a discotecagem fica por conta dos seletores Gui Dub, Bruno Dub e Gusbó Select.

www.coletivorootsreggae.blogspot.com // www.facebook.com/​pages/Caban/​173798309312680?ref=ts&sk=a​pp_131686150237656 // www.facebook.com/​blacksonora

Onde: Debaixo do Viaduto Santa Tereza – Centro // Quando: 14h // Quanto: de graça // Informações: @correcoletivo


Destaque 10/03 – Experiências J-Pop

 

jpop

Mostra apresenta filmes pink e dois espetáculos de Tóquio

A exibição dos filmes “Um anjo no banheiro público” e “Naughty boys” abre, neste sábado, às 19h, a Mostra Internacional Japonesa Experiências J -Pop, Na Funarte (Casa do Conde). A cultura J-pop surgiu no Japão na década de 60, como devoração da música pop mundial e de seus ritos e performances, misturando-se às sonoridades e onomatopeias da língua japonesa e também às suas tradições culturais milenares. A programação inclui uma mostra com sete filmes pink, estética gay romântica japonesa, conversas com oa cineastas Koichi Imaizumi e Hiroki Iwasa e os espetáculos de Tóquio “TRI-K”, com TRI-K, e “Massive Water”, com Yubiwa Hotel.

Mostra Experiências J-Pop

Onde: Funarte (Casa do Conde) – rua Januária, 68, Floresta // Quando: de 10 (sáb.) a 18 (dom.) de março – horários variados // Quanto: R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia) // Informações: (31) 3213-3084


Sábado ®eprodutor

 

reprodutor

Instalação intereativa e exposição na galeria da Escola Guignard

A exposição ®eprodutor, da artista Rochelle Costi é uma instalação intereativa composta de uma exposição com reproduções de trabalhos dos artistas Germana Lorca, Leonora de Barros, João Castilho, João Modé, Man Ray, Marina Abramovic, Mauro Restiffe, Rosângela Rennó, Thomas Farkas e Vik Muniz. Além das fotos, integram o espaço “mesas reprodutoras”. Cada mesa comporta até dois visitantes. Cada um elege uma foto a ser reproduzida, retira-a da parede, encaixa-a na mesa e a copia através da sombra projetada no vidro. Pronta a cópia, seu autor a expõe nas paredes laterais e assim complementa a exposição que terá uma dinâmica mutante em função da atividade do público.

Onde: Escola Guignard – Rua Ascânio Burlamarques, 540 – Mangabeiras // Quando: 11h // Quanto: de graça // Informações: (31) 3194-9305


Sábado 10/03 – Entre

 

entre

Mimulus estreia novo espetáculo neste fim de semana

“Entre”, novo espetáculo da Mimulus Cia. de Dança, cumpre temporada de estreia desta sexta-feira até domingo no Teatro Sesiminas. A montagem insinua um lugar fronteiriço de criação artística ocupado pela Mimulus – com pés nas danças de salão e nas linguagens contemporâneas, no palco e na rua – e que tem propiciado grande estímulo para inovações. A Mimulus se formou em Belo Horizonte há cerca de 20 anos, sob a direção artística de Jomar Mesquita.

Mimulus Cia de Dança // Teatro Sesiminas

Onde: Teatro Sesiminas – rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia // Quando: sex. e sáb., às 21h; dom., às 20h // Quanto: R$40 (inteira) e R$20 (meia) // Informações: (31) 3241-7181


Sábado 10/03 – O Trágico na Contemporaneidade

 

Debate reúne nomes como Cida Falabella e Aderbal Freire Filho

Aberto ao público e com entrada gratuita, o debate “O Trágico na Contemporaneidade” reunirá este sábado, no Teatro Alterosa, um time de artistas do teatro com experiências diferenciadas que têm a tragédia como elemento imprescindível. A mineira Cida Falabella, uma das coordenadoras da ZAP 18, irá compor a mesa, que trará a BH o autor, diretor e ator Aderbal Freire Filho; a atriz e diretora Juliana Galdino, que participou de montagens de Antunes Filho, como “O Canto de Gregório”, e César Augusto, assistente de direção de Gabriel Villela no espetáculo “Hécuba”, de Eurípedes, em cartaz no mesmo teatro. O jornalista e dramaturgo Dib Carneiro Neto será o mediador.

Teatro Alterosa

Onde: Teatro Alterosa – av. Assis Chateaubriand, 499, Floresta // Quando: sáb., das 17h às 18h30 // Quanto: de graça // Informações: (31) 3194-9305


Domingo 11/03 – Cabaré Vagabundo

 

cabare

Peça cumpre temporada de estreia no Zap 18

“Cabaré Vagabundo”, nova montagem do Grupo Oriundo de Teatro, cumpre temporada de estreia desta sexta-feira a domingo no Zap 18. O espetáculo retrata um grupo de artistas que, após fracassar em seguidos testes para participar de musicais importados da Broadway resolve montar o seu próprio espetáculo, “O Cabaré Auriverde”.

Grupo Oriundo de Teatro

Onde: Zap 18 – r. João Donada, 18, Serrano // Quando: sex. e sáb., às 20h30; dom., às 19h // Quanto: R$ 10 (inteira); R$ 5 (meia) // Informações: (31) 3475-6131


Domingo 11/03 – Siricutico

 

siricutico

Festa todos os domingos no Studio Bar

Em sua segunda semana, a festa Siricutico acontece todos os domingos no Studio Bar, às 18h, com a promessa de música boa, gente bacana e intervenções inusitadas. Nessa edição recebe show da banda Nabor e o Bando e os DJs Paulo Jardim (residente), Luiz Valente (Vinyl Land), Jaka (Undergroud Groovers) e Cubanito.

www.studiobar.com.br // www.facebook.com/​festasiricutico

Onde: Studio Bar – Rua Guajajaras, 842 – Centro // Quando: 18h // Quanto: Feminina com lista amiga: grátis até 19h, R$20 de consumo após. R$25 sem nome | Masculino com lista amiga: R$20 de entrada ou R$40 de consumo. R$30 sem nome. Fazendo check-in nas redes sociais ganhe um desconto especial no convite do evento // Informações: (31) 9221-9008, 8897-9492 e 3047-1020


Domingo 11/03 – A Curva da Cintura

 

curvas

Arnaldo Antunes e Scandurra no Sesc Palladium

Nos dias 10 e 11 de março o cantor e compositor Arnaldo Antunes e o guitarrista Edgard Scandurra sobem ao palco do Grande Teatro do Sesc Palladium para apresentação do show “A curva da cintura”, resultado do CD homônimo lançado em 2011. Entre canções novas, hits e outras roupagens, Antunes e Scandurra homenageiam compositores que fazem parte de suas formações musicais, como Lupicínio Rodrigues, autor de Judiaria, e Serge Gainsbourg. Elisa ganhou uma versão chamada Meu cabelo.

www.sescmg.com.br

Onde: Grande Teatro do Sesc Palladium – Rua Rio de Janeiro, 1046 e Avenida Augusto de Lima, 420 – Centro // Quando: 19h // Quanto: Plateia I R$60 e R$30 (meia); Plateia II R$50 e R$ 25 (meia) e plateia III R$40 e R$20 (meia) // Informações: (31) 3214-5350


Domingo 11/03 – Como a Gente Gosta

 

todos

Peça inspirada em William Shakespeare, de graça, no Parque Municipal

Com apresentações gratuitas nos dias 10 e 11, o espetáculo “Como a Gente Gosta” foi livremente inspirado na obra “As You Like It”, de William Shakespeare, poucas vezes montado no Brasil. A adaptação do Grupo Maria Cutia, daqui de Beagá, traz uma comédia musical que faz pensar sobre o amor e suas múltiplas facetas. A direção é do ator do Grupo Galpão Eduardo Moreira.

http://grupomariacutia.blogspot.com

Onde: Parque Municipal Américo Renné Giannetti – Centro // Quando: 16h // Quanto: de graça // Informações: (31) 8726-4402


Segunda Feira 13/03 – Mostra Pajé

 

mostrapaje

Filmes indígenas em exibição no Centro Cultural UFMG

Um filme de Werner Herzog abre a programação da III Mostra Pajé de Filmes Indígenas. Filmado na Amazônia, “Aguirre – A Cólera dos Deuses” (1972) será exibido nesta terça-feira, às 19h, no Centro Cultural UFMG, que abrigará as sessões às terças e quintas nesse horário até 12 de abril. Do mesmo diretor, “Fitzcarraldo” é o filme escalado para a sessão do dia 22 (quinta). O destaque é a produção boliviana “El Grito de La Selva” (2008), que será exibida no dia 20 (terça). A obra, dirigida por Alejandro Noza (Moxeño), Nicolás Ipamo (Chiquitano), Ivan Sanjinés retrata a luta do movimento indígena na região, onde até a água da chuva já chegou a ser privatizada. Outro filme a conferir é “Y El Río Sigue Corriendo” (2010), documentário de Carlos Pérez Rojas sobre a resistência de povos da região do México contra a a construção da hidrelétrica La Parota.

Mostra Pajé de Filmes Indígenas // Centro Cultural UFMG

Onde: Centro Cultural UFMG – av. Santos Dumond, 174, centro // Quando: ter. e qui, às 19h. Até 12.abr. // Quanto: de graça // Informações: (31) 3409-8290


Mxs Bônus A leitura literária e o Ato de Escrever

 

leituraliteraria

Oficina sobre literatura, escrita e loucura no CC UFMG

www.ufmg.br/centrocultural

Vencedora do Prêmio Nacional de Literatura da Cidade de Belo Horizonte, em 2004, Cinara Araújo ministra, entre 10 e 31 de março, a oficina “A leitura literária e o ato de escrever – apontamentos sobre literatura, escrita e loucura”. O evento acontece no Centro Cultural UFMG sempre aos sábados e as inscrições, gratuitas, podem ser feitas até 7 de março. A oficina será um ateliê voltado ao estudo da trama arte-loucura, e os participantes terão oportunidade de ampliar o campo literário e investigar questões relativas ao processo de criação. Mais informações pelo telefone 3409-8278.


Mxs Bônus O Cinema Poético de Luis Buñuel

 

brunuel

Inscrições abertas para curso gratuito com Eduardo Peñuela Cañizal

O Cine Humberto Mauro volta a oferecer um curso a realizadores, cinéfilos e interessados em cinema em geral. “O Cinema Poético de Luis Buñuel” será ministrado pelo professor-doutor emérito da USP e Unip Eduardo Peñuela Cañizal, especialista na obra do cineasta espanhol, e é parte da mostra “Luis Buñuel, o Fantasma da Liberdade”, que entrará em em cartaz na sala do Palácio das Artes em 23 de março. As aulas serão realizadas de 3 (terça) a 5 (quinta) de abril, das 14h às 16h30, na própria Humberto Mauro. Serão abordadas questões como a construção da metáfora visual nos filmes surrealistas de Buñuel, a representação cinematográfica do sonho e as peripécias narrativas. As inscrições, gratuitas, podem ser feitas na Secretaria da Gerência de Cinema da Fundação Clóvis Salgado (no piso inferior do Palácio das Artes), de segunda, das 9h às 17h (até o preenchimento das vagas). Mais informações: (31) 3236-7400.

O Cinema Poético de Luiz Buñuel


Mxs Bônus Horizontes Periféricos

 

horizontes

Inscrições abertas para oficina de cinema em Venda Nova

Estão abertas as inscrições para a oficina de cinema do Projeto Horizontes Periféricos que será realizada no Centro Cultural Venda Nova a partir de 26 de março. As aulas serão às segundas e quartas, das 19h às 22h, e aos sábados, das 9h às 13h. A oficina é gratuita, e o interessado deve ter mais de 15 anos para participar. As inscrições são feitas pelo site abaixo até 20 de março.

Horizontes Periféricos