mixsórdia

Mixsórdia >> Guia Cultural >> Belo Horizonte | MG | Brasil
mix.sór.dia (sin) >> miscelânea de aconteces >>
sair da inércia e arranhar o diverso >>
hoje à tarde? amanhã à noite? >> pulsar



Destaque 06/11 Onde vive a obra?

ondeviveondevive

Evento e exposição na Escola Guignard

O evento expositivo “Onde vive a obra?” é organizado por alunos do curso de pós-graduação da Escola Guignard, sob a coordenação da professora Elisa Campos, que ministra a disciplina Museologia e Arte Contemporânea. Entre os trabalhos apresentados, haverá pintura, desenho, grafite, intervenção, livro de artista, fotografia, instalação, cerâmica, performance, vídeo, poesia e indumentária. Neste sábado, das 16h às 19h.

Trabalhos de alunos da graduação da Guignard também podem ser vistos na galeria da escola. A exposição “Formandos 2010 Desenho” reúne obras de 18 jovens artistas, sob orientação dos professores Isaura Pena, Marco Paulo Rolla e Marco Túlio Resende. De seg. a sex., das 9h às 21h, e sáb., das 9h às 11h. Até 11 de novembro.

ondeviveaobra.blogspot.com

uemg.br

Local: Escola Guignard – r. Ascânio Burlamarque, 540, Mangabeiras // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3194-9305


Destaque 07/11 É só uma formalidade

formalidadeformalidade

Peça cumpre curta temporada

Após uma turnê pelos festivais de teatro nacionais, a peça “É só uma formalidade” cumpre curta temporada em BH, neste e no próximo finais de semana. Terceiro colocado na categoria Artes Cênicas no Prêmio Mixsórdia 2009, o espetáculo também foi apontado, pela Folha de S. Paulo, como destaque no Fringe/Festival de Curitiba 2010. A peça se desenvolve a partir de duas situações que servem de pretexto para os atores lançarem seus questionamentos sobre as (ir)realizações do homem: desejos, memória, formalidades e as lacunas geradas por tudo que nunca foi dito. É a primeira montagem de longa duração do Quatroloscinco – Teatro do Comum,  formado em maio de 2007, a partir do encontro entre atores e estudantes da UFMG, que, sob a orientação da professora Sara Rojo, uniram-se para discutir temas e práticas de criação no teatro contemporâneo feito na América Latina.

www.quatroloscinco.com

Local: Esqyna – r. Célia de Souza, 571, Sagrada Família // Horário: sáb. e dom., 20h // Entrada: R$ 16 (inteira); R$ 8 (meia) // Informações: (31) 8632-0705


Destaque 08/11 V Semanária de Artes Gráficas

semanariasemanaria

Programação terá mesas, workshop e lançamentos de revista e site

A Semanária de Artes Gráficas chega à sua quinta versão traçando paralelos com outros vetores e eixos, como cinema, vídeo, desenho, gravura, poesia visual, internet, performance, escultura, design, publicidade, literatura e arquitetura. O evento é uma iniciativa do grupo de pesquisa Gramma, da EBA/UFMG. Começa nesta segunda e vai até quarta-feira. Na programação, um workshop (leia mais no Mxs Bônus) e três mesas de debates: “Estéticas fotográficas & artes gráficas”, com o artista multimídia Pablo Lobato e as professoras da EBA/UFMG Patrícia Azevedo e Elisa Campos; “Design & artes gráficas”, com a professora da Fumec Cássia Macieira, o arquiteto Fernando Maculan e o professor da EBA/UFMG Marcelo Drummond; e “Dispositivos expositivos & artes gráficas”, com o curador do MAP, Marconi Drummond, e as artistas e professoras da EBA/UFMG Mabe Bethônico e Brígida Campbell. As mesas serão das 19h às 21h30.

Na quarta, 10/11, às 21h, uma festa encerra esta V Semanária, com ações de Frederico Pessoa (grafias do som) e Nydia Negromonte (bipartitura) e lançamentos da revista Refil 3 e do site Dobra, que funcionará como uma galeria virtual de obras realizadas na habilitação de Artes Gráficas ou em diálogo com ela.

revistarefil.wordpress.com

semanaria.wordpress.com

Local: Espaço CentoeQuatro – av. Santos Dumond, 218, Centro // Horário: confira programação no site // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3222-6457


Quinta Feira 04/11 Mostra de Cinema Espanhol Atual

atualespanholatualespanhol

Exibições gratuitas no Instituto Cervantes

Até o dia 08 de novembro, o Instituto Cervantes recebe a Mostra de Cinema Espanhol Atual. Com exibições em dez capitais brasileiras, a mostra proporciona ao público brasileiro a possibilidade de conhecer os filmes espanhóis lançados nos últimos dois anos. A entrada é franca e serão exibidos cinco filmes: “Amadores”, “Caminho”, “Forasteiros”, “Um Namorado para Yasmina” e “A Teta Assustada” – este último, peruano, é ganhador da Palma de Ouro em Cannes e do Urso de Prata em Berlim. Será exibido na segunda-feira, 08/11, às 19h30.

http://belohorizonte.cervantes.es

Local: Instituto Cervantes de Belo Horizonte – Praça Milton Campos, 16, 2º andar, Serra // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3789-1600


Quinta Feira 04/11 KITSCHen

kitschenkitschen

Exposição de pratos estampados da designer Ana Luiza Gomes

Em “KITSCHen”, Ana Luiza Gomes aplica em pratos de porcelana suas estampas desenhadas à mão, resgatando a tradição de garimpar preciosidades e colecioná-las como enfeites para a casa. Com curadoria da também designer Laura Barbi, a exposição reúne trabalhos inéditos de ilustração e estamparia feitos por Ana, que desenvolve o projeto A Pattern a Day (Um padrão por dia). Esta é a primeira individual da designer, que já expôs trabalhos na 8ª e na 9ª edições da Bienal Brasileira de Design Gráfico. Graduada pela UEMG, Ana Luiza atualmente faz parte da equipe da Greco Design e comercializa suas estampas pela internet. A exposição permanece no Restaurante 2010 até 5 de dezembro.

www.anamappe.com.br

restaurante2010.blogspot.com

Local: Restaurante 2010 – r. Levindo Lopes, 158, Savassi // Horário: seg. e ter., das 9h às 16h; qua. a sáb., das 9h às 3h; dom., das 18h à 0h // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3327-6766


Quinta Feira 04/11 – Cássio Vasconcellos

cassiocassio

Paulista é o convidado do Foto em Pauta

O paulista Cássio Vasconcellos iniciou-se na fotografia em 1981, sempre com projetos voltados para a arte, apesar de suas passagens pelo fotojornalismo e pela publicidade. Seu livro “Noturnos – São Paulo”, feito com polaroids, é apontado como um dos clássicos da fotografia brasileira. Para falar de seus quase 30 anos de carreira, em que contabiliza 130 exposições em 18 países, Cássio vem a BH nesta quinta, como convidado do projeto Foto em Pauta, aberto a outros profissionais e amantes da fotografia.

www.cassiovasconcellos.com.br

www.fotoempauta.com.br

Local: Oi Futuro – av. Afonso Pena, 4.001, Mangabeiras // Horário: 19h // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3247-2246


Quinta Feira 04/11 Show Ü + Electrophone n’A Obra

Do experimental ao jazz, música em movimento

Hoje A Obra recebe duas bandas com sonoridades próprias, pouco afeitas à domesticação nos palcos obreiros. Electrophone e Ü compartilham o experimental. A primeira, através da mistura de música orgânica e eletrônica; a segunda, como um ensaio em ürbano rüído (pré ou pós) pünk atonal de experimentos cyber-tropicais. A noite abusa de sax, sintetizadores, trompete e acordeom, samplers e sons pré-programados, bases monolíticas e irregulares de baixo e bateria contrapostas a texturas derretidas de guitarra, saxofone e vocal feminino.

www.aobra.com.br

www.myspace.com/umusika

www.myspace.com/electrophone

Local: A Obra – r. Rio Grande do Norte, 1.168, Savassi // Horário: 22h // Entrada: R$12 // Informações: (31) 3215-8077 e 3261-9431


Quinta Feira 04/11 – Ciclo Cinema, Estética e Política

Seminário com pesquisador português e mostra na Humberto Mauro

O Ciclo Cinema, Estética e Política, realizado na Humberto Mauro até 10 de novembro, é dividido em duas partes: um seminário e uma mostra. Ministrado pelo pesquisador português André Dias, o seminário “Papel Ateia Cinza: Filmes Perante W. G. Sebald” exibirá quatro títulos: “D’est” (Chantal Akerman), “California Company Town” (Lee Ann Schmitt), “Complexo Volkswagen” (Hartmut Bitomski) e “Artistas do Teatro Queimado”  (Rithy Pahn). A partir da relação desses filmes com a obra do escritor, será avaliada a forma como o cinema contemporâneo trabalha imagem e política. André Dias é autor do blog “Ainda não começamos a pensar”, sobre cinema, e está terminando sua investigação de doutoramento sobre a ambiguidade no cinema moderno, cinefilia e filosofia política contemporânea na Universidade Nova de Lisboa, Portugal. Os encontros, que começaram nesta quarta, continuam nesta quinta, sexta (às 19h) e sábado (às 15h).

Na “Parte II” do ciclo serão apresentados quatro filmes contemporâneos, marcados pela problematização da relação entre cinema e política: “Plataforma” (Jia Zhang-Ke), “Em Construção” (Jose Luis Guerin), “Pacific” (Marcelo Pedroso) e “A Oeste dos Trilhos” (Wang Bing).

aindanaocomecamos.blogspot.com

www.fcs.mg.gov.br

Local: Palácio das Artes – Sala Humberto Mauro – av. Afonso Pena, 1.537, Centro // Horário: confira a programação completa no site // Entrada gratuita // Informações: (31) 3236-7400


Sexta Feira 05/11 Tudo o que tem dente morde

bilacbilac

Primeira exposição individual de Daniel Billac

O cão continua sendo a figura-chave dos trabalhos de Daniel Billac, nesta sua primeira exposição individual. Em “Tudo o que tem dente morde”, Daniel apresenta colagem, pintura e desenho, num conjunto que tem parentescos com o expressionismo, a pop e a street Art. “Cada trabalho aposta na empatia que podemos desenvolver por esse ‘personagem’, na capacidade que temos de nos colocar no lugar do cão e partilhar dos pequenos dramas e ambiguidades que atribuímos a ele: sua docilidade e sua agressividade; sua segurança e seu perigo; sua fidelidade e sua promiscuidade; nosso apreço e nosso desprezo”, explica Daniel, que cursa Belas Artes na UFMG.

www.flickr.com/photos/danielbilac/

galeriadeartecemig.blogspot.com

Local: Galeria de Arte Cemig – av. Barbacena, 1.200, térreo, Santo Agostinho // Horário: diariamente, das 8h às 19h // Entrada gratuita // Informações: (31) 3506-2025


Sexta Feira 05/11 Ponto de Partida

ciganosciganos

Grupo comemora 30 anos apresentando “Drummond” e “Ciganos” em BH

O grupo de teatro de Barbacena Ponto de Partida comemora seus 30 anos reapresentando dois sucessos de seu repertório, em uma turnê que passa por Beagá neste final de semana. “Drummond”, em cartaz nesta sexta e sábado,  foi montado pela primeira vez em 1987, com base em poesias, e não em biografias, do escritor itabirano. Com única apresentação neste domingo, “Ciganos” encena esse povo “colorido e ruidoso a quebrar o silêncio monótono da cidade pequena”, com base em textos de Bartolomeu Campos de Queirós e do contato com uma família cigana.

www.grupopontodepartida.com.br

www.uai.com.br/teatroalterosa/

Local: Teatro Alterosa – av. Assis Chateaubriand, 499, Floresta // Horário: sex. e sáb., 21h; dom., 19h // Entrada: na bilheteria do teatro, R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada); no posto do Sinparc: R$ 12 (preço único) // Informações: (31) 3237-6611


Sexta Feira 05/11 Estudos das Telas

Conferência com o diretor do Instituto McLuhan

O professor e pesquisador canadense Derrick Kerckhove, atual diretor do Instituto McLuhan, está em Belo Horizonte para a conferência “Estudos das Telas”. A palestra faz parte do ciclo “Telas e Afetos”, promovido pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação Social da Fafich/UFMG, com o objetivo de debater as produções audiovisuais contemporâneas, em especial as da televisão e do vídeo, e seus modos de afetar.

www.fafich.ufmg.br

Local: Auditório Professor Baesse – Sala F4059 – 4º andar – FAFICH – av. Antônio Carlos, 6.627, Campus Pampulha // Horário: 9h30 // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3409-5072


Sexta Feira 05/11 Festival Internacional de Violão

Violão para todos os gostos

O FIV já trouxe para Beagá os maiores nomes do violão mundial, reunindo na capital mineira desde jovens talentos a verdadeiros ícones da música brasileira. Do violão solo aos trios de jazz, e dos quartetos às orquestras com violão, tem do instrumento para todos os gostos musicais. O festival também oferece ao público oficinas e palestras com os artistas convidados. Entre as atrações: Charlie Hunter, Lula Galvão, Toninho Horta, Juarez Moreira, Hamilton de Holanda, Chiquito Braga e outros. Os concertos acontecem na Fundação de Educação Artística, no Teatro Dom Silvério, no Espaço CentoeQuatro e no Palácio das Artes. Todos iniciarão às 21h, exceto no dia 07/11. Neste dia, o concerto começará às 18h. Os ingressos custam entre R$ 8 e R$ 4. Confira a programação completa no site abaixo.

www.festivaldeviolao.com.br

.


Sexta Feira 05/11 Curumin

curumincurumin

Músico paulista lança compacto pela Vinyl Land em show no Studio Bar

Desde 2008, a Vinyl Land se transformou no selo musical Vinyl Land Records, dedicado exclusivamente a lançamentos de LPs e compactos em edições limitadas. Nesta sexta, realiza a festa de lançamento do compacto do paulistano “Curumin” no Studio Bar. Votado entre as 10 melhores músicas e álbum de 2008 pela Rolling Stone Brasil, o álbum, chamado “Compacto”, somente agora recebe o formato vinil, em 7”. Completam a noite os DJs David (Alta Fidelidade) e Luiz Valente (Vinyl Land).

www.vinyllandrecords.com

www.myspace.com/curumin

Local: Studio Bar – rua Guajajaras, 842, Centro // Horário: 22h // Entrada: R$20 // Informações: (31) 3047-1020


Sábado 06/11 Gafieira

gafieiragafieira

Segunda edição consecutiva do baile boêmio

O Mixsórdia esteve na primeira edição da Gafieira, no sábado passado, e achou que vale o bis, já que o baile será realizado novamente, mas apenas neste e no próximo finais de semana. Um aviso: não só os pés de valsa são bem-vindos no salão do CentoeQuatro. Tem espaço até para os mais animados desajeitados evoluírem, ao som de choro, maxixe, samba-canção, bolero e chá-chá-chá, executados ao vivo por uma orquestra. E para descansar, basta acomodar-se em umas das poltronas ou canapés antigos que compõem a caprichada decoração, deixando ainda mais charmosa a antiga fábrica, com seus janelões abrindo a vista para a praça da Estação e os prédios da rua da Bahia, entre a moldura de árvores.

www.centoequatro.org.br

Local: Espaço CentoeQuatro – pç Ruy Barbosa, 104, Centro // Horário: 21h // Entrada: R$ 8 (feminino) e R$ 10 (masculino) // Informações: 3222-6457


Sábado 06/11 Paisagens Periféricas

paisagenspaisagens

Seminário e exposições de arte no Jardim Canadá

O seminário “Paisagens Periféricas” articula-se a partir do diálogo entre dois projetos de intervenção urbana no bairro Jardim Canadá (Nova Lima), que exploram a mineração e a ausência de vegetação marcantes da paisagem local: “Paisagens em Suspensão”, de Pedro Motta, e “Quintal Canadá”, de Fernanda Regaldo e Roberto Andrés. Além desses três artistas, o seminário conta com a presença de outros 18 artistas, críticos e pensadores, como o sociólogo Laymert Garcia dos Santos, professor da UNICAMP e diretor da Fundação Bienal de São Paulo; a curadora Janaina Melo, professora de crítica de arte da UEMG e coordenadora de Arte e Educação do Instituto Inhotim; e do artista e fotógrafo Rubens Mano, que participou de várias exposições individuais e coletivas, como a última Bienal de São Paulo. Neste sábado, das 10h às 19h, no Ja.Ca (av. Canadá 203, Jardim Canadá, Nova Lima ), com entrada gratuita.

Também no roteiro de arte pelo Jardim Canadá, a galeria Murilo Castro (r. Niágara, 384, Jardim Canadá) abre “Bronzeadas”, de Nazareth Pacheco, com 25 trabalhos recentes e duas instalações da artista paulista. Neste sábado, das 12h às 16h. Até 13 de dezembro.

www.paisagensperifericas.blogspot.com

jacaarte.org

www.murilocastro.com.br

.


Sábado 06/11 18º Feira do Vinil e CDs Independentes

discotecadiscoteca

Comemoração dos 5 anos da Discoteca Pública

Neste sábado, dia 06 de novembro, a Discoteca Pública completa cinco anos com suas portas abertas. Hoje conta com 13 mil peças adquiridas através de doações e compra de LPs, reunindo álbuns tanto de artistas consagrados quanto daqueles cuja obra resume-se a um único LP. A edição especial da feira, com comemorações de 5 anos, vai contar com a participação da Turma do Vinil, com vários DJs fazendo a festa entre meio-dia e 20h na Discoteca Pública, na Floresta. A entrada é gratuita.

www.turmadovinil.com.br

www.discotecapublica.com.br

Local: Discoteca Pública – r. Machado, 207, Floresta // Horário: 12 às 20h // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3036-2919


Sábado 06/11 Semântica

vermelhovermelho

Vermelho expõe na Quina Galeria

A Quina Galeria recebe neste sábado, a partir das 14h, “Semântica”, primeira exposição individual em BH do artista e grafiteiro Vermelho. No mesmo dia, será inaugurado também o Projeto Parede, no qual o artista apresenta sua intervenção em uma àrea de vinte metros quadrados no interior da galeria. Vermelho já deixou sua marca em paredes e painéis por São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Minas Gerais. Em BH, participou do Festival Internacional de Quadrinhos de 2009. Seus trabalhos têm forte influência de quadrinhos, cinema, história da arte, primórdios da fotografia e vegetarianismo. Enfim, tudo isso misturado com street art e no eterno equilíbrio de valores entre o bem e o mal. “Semântica” pode ser visitada até 23 de novembro.

www.flickr.com/photos/quinagaleria

Local: Quina Galeria – Edifício Maletta – r da Bahia, 1.148, slj. 06, Centro // Horário: das 14 às 18h // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3222-0283


Sábado 06/11 Freak Show de Calouros no Bordello

freakshowfreakshow

Quer concorrer a uma viagem para NY?

A segunda edição do Freak Shows de Calouros começa este sábado no Nelson Bordello. A festa, organizada pelo pessoal da banda Proa, vai premiar a melhor performance com uma viagem para Nova York. Isso mesmo: basta escolher uma música ou artista para se inspirar e tentar convencer um júri formado por músicos e artistas, que você pode acabar fora do país, e de graça. Para se inscrever, é só enviar um e-mail para freakshowdecalouros2010@gmail.com, com seu nome completo, telefone e link da música escolhida. Serão três eliminatórias, esta e as dos dias 20 de novembro e 04 de dezembro.

Local: Nelson Bordello – r. Aarão Reis, 554, Centro // Horário: 20h // Entrada: R$20 // Informações: (31) 3564-3323


Domingo 07/11 Simon Spang-Hanssen

Sax dinamarquês no Museu da Pampulha

O projeto Domingo no Museu, responsável pelo hábito de ouvir música de qualidade no Museu de Arte da Pampulha nas manhãs de domingo, traz uma atração internacional na edição de novembro. Neste domingo, às 11 horas, o saxofonista dinamarquês Simon Spang-Hanssen faz única apresentação de seu jazz elogiado pela crítica europeia. Comparado pelo crítico Franck Bergerot, da revista Jazz Hot, a Johnny Griffin e Dexter Gordon, ele toca sax soprano e tenor, acompanhado pelos convidados Mariane Britan (flauta), Enéias Xavier (baixo), André Limão Queiroz (bateria) e Irio Jr. (piano ).

Local: Museu de Arte da Pampulha – Av. Otacílio Negrão de Lima, 16.585, Pampulha // Horário: 11h // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3277-7996


Terça Feira 09/11 Mostra Guimarães Rosa

“Noites do Sertão”, de Carlos Prates, é exibido nesta terça

“Noites do Sertão” não é o mais aclamado filme de Carlos Prates, mineiro de Montes Claros, mas sua adaptação cinematográfica para a novela “Buriti”, de João Guimarães Rosa, pode ser um bom programa nesta terça-feira, especialmente para fãs do cineasta ou do escritor. O filme será exibido na Mostra Guimarães Rosa, que está em cartaz deste o dia 04 de novembro no Centro Cultural UFMG, com sessões nas terças e quintas, às 19h. Na próxima quinta, vai passar “Mutum”, filme de Sandra Kogut baseado na novela “Campo Geral”, de João Guimarães Rosa.

www.ufmg.br/centrocultural

Local: Centro Cultural UFMG – av. Santos Dumont, 174, Centro // Horário: 19 h // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3409-1090


Terça Feira 09/11 Bate-papo com o Autor

ferreiraferreira

Poeta Ferreira Gullar na Academia Mineira de Letras

Considerado o maior poeta brasileiro vivo, Ferreira Gullar lança nacionalmente, em Belo Horizonte, o livro “Em Alguma Parte Alguma”. O livro quebra o jejum de 11 anos sem publicações do poeta. Seu último trabalho, “Muitas Vozes”, de 1999, foi considerado a melhor obra daquele ano. Foram incluídos na edição 59 poemas inéditos, com temáticas que vão desde seu exílio na argentina, durante a ditadura militar, até frutas podres. Ferreira Gullar é o pseudônimo de José Ribamar Ferreira. Nasceu em São Luís do Maranhão em 10 de setembro de 1930. Os primeiros 90 livros serão vendidos a R$5.

Local: Academia Mineira de Letras – Rua da Bahia, 1466 – Centro // Horário: 19h30 // Entrada: gratuita // Informações: (31) 3222-5764


Terça Feira 09/11 Paris Jazz Underground

parisjazzparisjazz

Coletivo francês no CentoeQuatro nos dias 08 e 09 de novembro

Paris Jazz Underground é um coletivo formado por seis músicos e compositores da capital francesa. Juntos, partilham de uma estética comum e aproveitam a tecnologia dos dias atuais para criar e distribuir seu trabalho de forma independente, unindo esforços para alcançar um público mais amplo. A banda apresenta um jazz moderno e uma nova e pouco conhecida produção jazzística francesa. É composto por Karl Jannuska (bateria), David Prez (saxofone), Sandro Zerafa (violonista), Robin Nicaise (saxofone), Romain Pilon (guitarra), Amy Gamlen (saxofone). Em sua passagem por BH, além das apresentacões, o PJU ministra uma master class, nos dias 08 e 09 de novembro.

www.myspace.com/parisjazzunderground

www.centoequatro.org

Local: Café CentoeQuatro – praça Ruy Barbosa, 104, Centro // Horário: 21h // Entrada: não informada // Informações: (31) 3222-6457


Mxs Bônus Gééénte

http://geeente.com.br

Novo site de moda em BH

Cronometrado com o Minas Trend Preview, principal evento da área na cidade, entrou “no ar” nesta quarta-feira o site de moda Gééénte. A equipe é formada por Gianfranco Briceño, fotógrafo; Ronnie Peterson, maquiador e cabeleireiro radicado em Nova York; Thiago Leão, stylist; Thaís Pimenta, jornalista; Nathália Lima e Glico Gênio. Dos poucos textos on-line, o Mixsórdia destaca a notícia sobre o trabalho além mar de Priscila Amoni, designer, e Eduardo Fonseca, artista plástico. E torce por mais notícias frescas como essa e por uma cobertura da moda mineira entre o sério e o bem-humorado, mas sempre crítica.

geeente.com.br

.


Mxs Bônus Domesticidades

domesticidadesdomesticidades

Workshop com Renata Marquez, Wellington Cançado e convidados

Extensão do livro “Domesticidades”, lançado em setembro, o workshop homônimo tem como proposta ampliar a cartografia realizada na publicação e construir de forma colaborativa outros guias, sobre as possibilidades de pensar, praticar e produzir outras formas de habitar, de paisagens íntimas, de espaços cotidianos etc. Além dos autores, Renata Marquez e Wellington Cançado, haverá apresentações dos convidados Janaina Chavier (Expansões do Doméstico), Fernanda Goulart (Alugo-me) e Adriano Mattos Corrêa (Casa do Zé).

Parte da programação da V Semanária de Artes Gráficas (leia mais nesta edição do Mixsórdia), o workshop será realizado no dia 10 de novembro, próxima quarta-feira, das 14h às 18h30, no Centro Cultural de Belo Horizonte (r. da Bahia, 1.149, Centro).

Os interessados em participar devem enviar suas propostas a partir do tema Domesticidades, até 8 de novembro (esta segunda), em PDF, para colaterais@gmail.com. São incentivados projetos transdisciplinares e realizados em qualquer mídia ou suporte: fotografia, vídeo, texto, objetos, mapas, espaços, desenhos, áudio, web.

www.geografiaportatil.org

semanaria.wordpress.com

.




;D
Mixsórdia é uma produção independente, editada por Daniel Silva, Débora Fantini e Marcelo Lustosa
Sugestões? >>> sugestoes@mixsordia.com
Informações e imagens são disponibilizadas por produtores, assessorias de imprensa e demais responsáveis pelos eventos.